Ser mãe

Para as mães com carinho

Ser mãe é comer pé! É beijar bumbum!

É contar mil vezes a mesma história, é curar com beijos, é ter palavras que bastam.

É dormir menos, muito menos; é se doar mais, muito mais!

A maternidade é Deus, ela nos dá a capacidade de nos colocar no lugar do outro e de multiplicar amor. É desejar bem lá do fundo um mundo melhor.

Ser mãe é relembrar constantemente a nossa infância e ao mesmo tempo congelar para sempre a criança dos nossos filhos.

Ser mãe é acordar, ou seja, dar cor ao mundo recém nascido!

Ser mãe é coração infinito: coração aberto, apertado e cheio de amor!

Ser mãe é vida, é ida, é volta, é evolução.

A maternidade é um verbo, e não substantivo. Ser mãe é superação!

Ser mãe é chororô: choro de amor, choro de dor, choro por não saber nada, choro por ter certeza, choro de medo, choro de alegria, choro de gratidão, choro de exaustão, choro por não conseguir viver para sempre, choro por ser feliz a vida toda! Lágrimas de mãe são o orvalho da alma.

A maternidade é dura que amolece o coração. É treinamento intenso, abnegação. É ter vontade de chegar em primeiro sempre. Então, frustração.

A maternidade é a mais cruel das culpas e também a mais bela inspiração.

A maternidade é uma escolha e não uma obrigação.

A maternidade é luz. São estrelas que brilham em nós, aquecem o peito e transcendem a existência.

É aprendizado sobre o que realmente importa nessa vida. A maternidade é festa! É celebração!

FELIZ DIA DAS MÃES!

 

Muita saúde, força e alegria para as mulheres incríveis que são referência e afeto em nossas vidas! Parabéns mamães!

Com carinho, Luciana Cattony 🙂

Ser mãe

**Este post dedico a minha querida mãe Consolação, que muito me ensina até hoje! Mãe, pra você todo o meu carinho, amor e eterna gratidão. Parabéns pelo seu dia! Que Deus lhe encha de saúde para comemorarmos esta data por muito e muitos anos. Beijos, Luciana 🙂

 

 



There are no comments

Add yours