Daniela Freixo de Faria

Mães que Inspiram: Daniela Freixo de Faria

Mães que Inpiram - Dani Freixo
Hoje como convidada, uma mãe que admiro muito, a Daniela Freixo de Faria. Uma psicóloga muito querida, que sempre teve o sonho de “cuidar antes, ajudar e transformar”. E tudo isso ela faz com maestria em sua profissão e em sua rotina com a família. Aprendo muito acompanhando a Dani via web e fico muito feliz em saber que seus ensinamentos estão se transformando em um lindo livro com a ajuda daqueles que a admiram. O projeto do livro “Conversa com Criança / Presença – Caminho” está sendo promovido no Catarse e a ideia é que para cada livro vendido, um será doado às mulheres carentes. Não é demais essa iniciativa? E vai dizer que o mundo não precisa de mais mães como a Dani? Confira:

 

Mães que Inspiram - Dani FreixoDesde os meus 14 anos já sabia qual seria a profissão , o trabalho da minha vida, minha missão. Depois me casei e tive minhas filhas, minhas mestrinhas. Isso me trouxe a maturidade e pureza do aprendiz. Meu trabalho seguiu pela mesma linha e hoje, em casa, no consultório, na minha grande troca que vivo nas palestras e vídeos semanais, percebo que sim, é possível cuidar antes, é possível aprender novos caminhos.  Sinto que realizo isso em todos os setores da minha vida e isso é libertador, é algo muito feliz e apaixonante.

O que a maternidade significa em sua vida? Nossa, como colocar em palavras a experiência do maior amor do mundo. Me realizei, cresci, e aprendi que estarei eternamente aprendendo. Busco realmente o melhor , sabendo que nesse encontro de verdade, terei os próximos passos do caminho.  Olhar nos olhos das minhas filhas, e nos encontrarmos, nos conhecermos e estarmos juntas nessa jornada é minha maior alegria, meu maior e melhor presente. Aprendo com minhas filhas diariamente e estou aberta pra que isso aconteça.  Me sinto numa grande parceria com minhas filhas.

Na sua opinião, qual é a melhor recompensa em ser mãe? E a maior dificuldade?  Recompensa?  Agradeço todos os dias a alegria de poder ter essa experiência com tudo o que há nela. A parte boa, a parte difícil, etc… a recompensa é ter a honra de acompanhá-las para a vida, de aprender tanto e todos os dias. A dificuldade talvez seja conciliar, priorizar e conseguir organizar tantas demandas, quando na verdade sei claramente que elas são e sempre serão as pessoas mais importantes da minha vida.  Mas ainda sim, é preciso trabalhar, ir no mercado, tivéssemos mais tempo , sem tantos afazeres.

Mães que Inspiram - Dani Freixo
Existe algo que você dizia que nunca faria antes da maternidade e que depois de ser mãe “pagou a língua” e fez?  Quando minha filha nasceu não imaginei que o sentimento de proteção  seria tão forte.  O funcionamento, o jeito  de Leoa demorou a passar, mas quando me vi, foi urgente a mudança.

 De que você mais sente falta em relação à sua vida anterior à maternidade? É uma pergunta difícil  mas,  parando pra pensar, eu tenho saudade de  cuidar de mim no sentido da rotina, ginástica, médicos em dia, pele, cabelo, etc… Com a maternidade  além do trabalho, muita coisa do que fazia para mim deixou de ser prioridade . Hoje estou mais atenta a isso, retomei a ginástica dentre outras coisas, mas se algum aperto acontece sou a primeira a desmarcar esses momentos.

O que mais a incomoda em relação à maternidade? Não tenho algo que  me incomode na maternidade… o que às vezes me deixa chorona  é essa constatação de que há muito para cuidar e muitas vezes não dou conta.

Mães que Inspiram - Dani FreixoQual a frase que mais utliza na sua relação com os filhos? “Desse jeito não está funcionando, vamos começar de novo. E fora desses momentos é sempre o : “TE AMOOO…”

O que você gostaria de ter ficado sabendo antes do seu filho chegar, mas que ninguém nunca lhe contou? Que ela vai mamar a cada uma hora e meia, ao invés de 3 horas como todos dizem.

Deixe um conselho para mães ou futuras mães que estão lendo este post. O que mais me fascina nessa caminhada é perceber todos os dias o quanto ela é contruída, não está pronta e jamais estará. Me sinto e me coloco claramente como aprendiz e isso me traz uma enorme liberdade , responsabilidade e comprometimento  pra estar ali, disposta ao encontro, lugar onde com olhos nos olhos encontrarei   os sinais  de que caminho seguir. A resposta esta dentro de nós. Assim ser mãe, estar ali junto das minhas filhotas á algo natural, vivo e um momento de puro amor, mesmo nos momentos mais difíceis, carregam sempre, aprendizado para todos.

Mais sobre a Dani:
Site
Facebook
– Projeto Livro – Como ajudar
– Projeto Livro – Catarse

Mães que Inspiram - Dani Freixo

 
 


2 comentários

Add yours

Post a new comment