Henrique no aeroporto

Rumo a Disney: a nossa viagem de avião

Hoje vou falar para vocês como está sendo a experiência de viajar para um país diferente com o meu filhotinho de 3 anos. Confesso que a decisão de levá-lo me causou muitas dúvidas: “será que ele vai suportar a viagem de quase 9 horas de avião? E a alimentação? Como vai se comportar tanto tempo longe de casa?” E talvez a maior das dúvidas:  “Será que EU darei conta ou corremos um alto risco de surto coletivo?” rs… Pois bem, eu e meu marido resolvemos encarar o desafio e embarcamos rumo à Disney, uma viagem que simplesmente AMAMOS fazer, mas que até então, não tínhamos feito com uma criança.

Foram muitas pesquisas na tentativa de fugir dos imprevistos até a chegada do grande dia: pesquisamos as atrações próprias para as crianças da faixa etária, altura mínima permitida para entrada nos brinquedos, restaurantes com comidas brasileiras, hotel com microondas no quarto para aquecimento de mamadeira e ou pratos congelados, lojas de brinquedos, como reagir caso a criança peça tudo que ver pela frente, apps interessantes para passar tempo etc etc etc.

Preciso confessar que me senti a verdadeira “farofeira” na noite anterior à viagem. Me vi preparando sanduíches de pão de forma, requeijão, peito de peru e queijo para levar no avião; afinal 9 horas de vôo exigem algo mais reforçado que algumas bolachinhas, né? Quem diria que numa viagem ao exterior, euzinha iria levar uma tupperware lotada de sanduíches e guardanapos?? Hahaha….. Foi então que me dei conta que essa viagem seria mesmo uma OUTRA viagem, totalmente diferente daquelas que já estavamos habituados a fazer… Muito mais emocionante, talvez!

Chegou enfim o grande dia! Partimos bem cedinho de casa; acordamos às 3:00 da manhã para o primeiro voo com destino ao aeroporto de Guarulhos (detalhe que fomos dormir no dia anterior à meia noite pois estávamos ansiosos finalizando as malas). Chegamos em SP pelas 8h e nosso vôo para Orlando estava previsto para as 10:40h. Entramos no avião e sabe aquela ansiedade da seleção brasileira na hora do hino? Estava me sentindo exatamente assim pensando se ia dar conta de tamanha pressão… Hahahaha… Mãe é tudo doida mesmo! 😉

Sentamos calmamente em nossas cadeiras e lá estavam aqueles “lindos” kits da companhia aérea: uma bolsinha que vem com pente, escova de dentes e meia. Gente, vocês não tem noção, meu filho AMOU aquela coisa…. Se sentiu MEGA importante por estar “ganhando” aquilo tudo e quis logo calçar as meias gigantes que mais pareciam uma cinta-liga na criança… Foi super divertido e seus olhinhos brilhavam! Rimos muito e começamos a observar as revistas, botõezinhos do assento, luzinhas, monitor à nossa frente e a conversar sobre as funcionalidades de cada coisa, imaginando algumas situações juntos. Assim, a aeronave começou a se movimentar e só então olhei para o lado externo da janela. Isso nunca havia me acontecido antes…. Realmente uma nova e diferente experiência! <3

viagem de avião

O avião levantou vôo e meu filho capotou de cansaço, nem conseguiu almoçar, tadinho! Para nossa surpresa ele dormiu por quase 5 horas, acredita? Eu que já estava entediada, visto que meu marido dormiu um monte também; quase acordei a criança para bater um papinho ehehehe… Foi tudo bemmm mais tranquilo que imaginávamos! Depois que o Henrique acordou, adivinha o que fiz? “Taca-le pau” nos sanduíches “Marco Véio”! hahahhaha…. A família toda comeu pão de forma no avião… Delícia demais 🙂 E aos poucos fui “liberando” os livrinhos de atividades que havia comprado para a ocasião: foram bons minutos colando adesivos de tratores e bichinhos em livrinhos fofos! Conversamos bastante, ensinei algumas palavrinhas em inglês e, conversa vai – conversa vem, enfim exclamou o piloto: “Pouso autorizado”. Chegamos!! 😀

No banheiro do aeroporto uma nova demonstração de surpresa e alegria: o Henrique amou a descarga que dispara sozinha, a água e o ventinho automático para secar as mãos. Foi então que uma feliz mensagem pipocou em minha mente e no meu coração: “Viagem executada com sucesso! Tem certeza que deseja continuar?” E a adivinhem a minha resposta? É claro que SIMMMMMM!!!!!

 

 



There are no comments

Add yours