Festa Infantil

Como economizar em uma festa infantil

Quando os filhos chegam, uma vez por ano você terá uma empreitada: a festa infantil. São inúmeros temas disponíveis – de desenhos animados a safari personalizado. Para ajudar a conseguir se manter no orçamento e fazer uma festa econômica, fizemos uma lista com dicas para passar por essa data sem sufoco. Confira!

Dicas para economizar na comemoração

O primeiro passo importante é decidir onde será o evento. Isso irá influenciar diretamente seu orçamento final. Pode ser em casa, na escola e em um salão de festas. O que vale aqui é fazer algo que caiba no seu bolso. Outra solução simples para ajudar quem não tem um grande orçamento disponível é colocar a família para ajudar a organizar tudo.

A palavra de ordem é pesquisar. Faça orçamentos em vários lugares, compare preços, procure por lojas de decoração. Utilize a internet para conseguir produtos com preços melhores, compre os descartáveis no atacado, busque pelas lembrancinhas em mercados populares. Tudo isso só será possível se começar a ser feito com antecedência. O ideal é iniciar o planejamento com pelo menos três meses de antecedência.

Se você não leva jeito para planejar eventos, uma solução é contratar ajuda profissional. Busque por uma assessora de confiança, que lhe guiará e ajudará com com todos os orçamentos e escolhas. Um planejamento bem feito pode te livrar de prejuízos, e é nessa hora que ajuda profissional é bem-vinda.

Vale a pena buffet completo?

Na hora de escolher os serviços a serem contratados, o importante é pesquisar. Entre as vantagens de se contratar o serviço completo está a praticidade da organização, a liberdade de não precisar se preocupar com os detalhes dos comes e bebes da festa, a economia de tempo e poder dedicar à festa com mais tranquilidade.

No entanto, fica o alerta: os custos ao contratar tudo de um mesmo fornecedor serão maiores, uma vez que existe um preço embutido em toda essa praticidade e qualidade que é oferecida. Tendo em vista que a sua prioridade é economizar, vale a pena pensar em alternativas. Por exemplo, ao contratar os profissionais de forma separada, você pode fazer negociações melhores e, assim, reduzir o custo total.

O mais importante é sempre a criança

É fácil, em meio a tantas decisões e planejamento, se esquecer dos gostos e preferências da criança. Converse com ela, entenda o que ela quer como tema da festa e tente satisfazer suas vontades, mas sem extrapolar os limites do seu orçamento. Com cuidado e carinho, é possível fazer uma festinha animada, com a presença de muitos amiguinhos e sem passar dos limites do seu bolso. Nessas horas, a criatividade é fundamental para aliar os desejos da criança e as possibilidades financeiras.

Nem sempre é preciso fazer uma grande festa, elas às vezes acabam agradando mais os  adultos do que as crianças. Um piquenique no quintal da casa da avó pode deixar lembranças muito mais gostosas.



There are no comments

Add yours