maternidade no currículo

A maternidade no currículo. Conheça os aprendizados.

Neste post, tomei a liberdade de falar um pouco mais sobre mim e sobre as habilidades que desenvolvi nesses últimos 8 anos e 6 meses, como “a mãe do Henrique”. Para iniciar, vou repetir por aqui parte do Manifesto da consultoria Maternidade nas Empresas, que sou uma das cofundadoras: “em um mundo regido pelo valor humano, feito por ambientes acolhedores, líderes mais empáticos e respeito, não faz mais sentido ter que escolher entre carreira ou filhos. A maternidade tem muito a nos ensinar sobre empatia e relações. Sobre dedicação, empenho e produtividade. Não é um obstáculo. Pelo contrário, a maternidade é poderoso impulso, não só para a mulher, como também para empresas e toda sociedade”.

Dizem: quando nasce um bebê, nasce uma mãe também. Uma maestra que precisa orquestrar uma nova vida dentro da sua. Aprendi a ler os sinais do corpo, expressões, choros – será fome, fralda cheia, dor? Isso me deu skills diferenciados no campo da comunicação. Me tornei muito mais empática!

Passei a entender muito mais sobre mim mesma e sobre as outras pessoas. Autoconhecimento agrega em tudo não é mesmo?

Aprendi a valorizar mais os meus pais. Aprendi sobre outras mães, mulheres, pais, famílias e sobre outros bebês. A maternidade me transformou em um ser humano mais sensível, aumentando minha compaixão e humildade.

Meu filho me fez exercitar a escuta ativa – não somente ouvindo a fala mas sobretudo o silêncio. Hoje sou bem mais atenta ao contexto. Essas habilidades também uso no meu trabalho com excelentes resultados.

A maternidade me mostrou que com planejamento e empenho, posso ser tudo o que quiser. Aprendi a gerenciar melhor o tempo dentro e fora do trabalho.

Aprendi a ficar tranquila frente aos mais diversos imprevistos. E olha que eles chegaram logo no quinto mês de gestação quando descobrimos um pezinho equinovaro. Isso me ajudou a “pilotar o avião em pleno voo” e a ter mais confiança em mim mesma. Desesperar jamais!

Aprendi a ser paciente e que tudo e todos têm seu tempo. E que tudo bem.

Aprendi a dar feedbacks de maneira mais assertiva e aceitar melhor as críticas.

Sendo mãe, me descobri professora e aluna ao mesmo tempo. Como é bom aprender!

A maternidade me ensinou a gerenciar os mais diversos recursos – de brinquedos velhos a fornecedores e parceiros. Aprendi a ser mais organizada e a me planejar muito melhor. Tudo isso gera tranquilidade também no trabalho.

Aprendi a me motivar a cada choro pela madrugada e a cada troca de fralda. Afinal, o que faz uma mãe sair da cama de 2 em 2 horas, podre de sono? Com um propósito maior, tudo fica bem mais fácil. Esse mesmo propósito eu levo para o meu trabalho.

Minha produtividade aumentou horrores. O senso de priorização também!

Meu filho me ensinou que não sou nada sem uma rede de apoio. Aprendi a delegar e a aceitar a ajuda da maneira que ela vem. Team work, saca?

Aprendi a valorizar as pequenas coisas e a celebrar as pequenas conquistas também no trabalho. Não tenho mais tempo pra mimimi.

A maternidade me ensinou a ser mais objetiva. Mães de meninos têm essa vantagem! rs… Essa habilidade no meu trabalho rende ótimos frutos.

Aprendi novas músicas, brincadeiras, fiz novos amigos e colegas. Agora sei o que é Fortnitetrolagem e mitagem. Vieram novos significados. Meu filho trouxe inovação dentro e fora do trabalho.

Aprendi a acreditar mais em Deus, na vida e nas pessoas. Me esforço todos os dias para ser um ser humano melhor e também um exemplo para meu filho.

Minha vida agora é mais urgente e tem um sentido absurdo!

Aprendi que muito mais que uma mãe, ME TORNEI UMA LÍDER.

E vamos parar com aquela estorinha de que nasce uma mãe, nasce uma culpa?

Um abraço, Luciana 😉

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

> E você, quais habilidades desenvolveu sendo mãe ou pai? Deixe um comentário! Vou adorar saber! Abraços, Luciana 😉

>> Luciana Cattony é uma das idealizadoras da Maternidade nas Empresas, primeira consultoria para equidade de gênero com foco em um dos principais fatores que atualmente impedem a evolução profissional das mulheres: a maternidade.

Ela acredita que a maternidade não é um obstáculo. Pelo contrário, a maternidade é poderoso impulso, não só para a mulher, como também para empresas e toda sociedade. A missão da consultoria é apresentar este novo olhar dentro das empresas, despertando consciência e orgulho, não somente das mães, como dos pais, gestores e todos os colaboradores. Leve esse olhar para a sua empresa.

luciana@maternidadenasempresas.com.br – www.maternidadenasempresas.com.br



There are no comments

Add yours